Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

O Google está abrindo espaço para cooperação externa desenvolvedores interessados a participar de seu sistema operacional Fuchsia. Pode ser com ou sem vínculo com a empresa, e o acesso já está livre para o projeto.

Além de acesso ao repositório e novas listas de e-mail públicas para discussão sobre o Fuchsia, estão disponibilizadas pelo Google as Políticas de Licenciamento de Código Aberto do sistema que esclarecem as tomadas de decisão e modelos de estratégias referentes ao desenvolvimento.

publicidade

Outro ponto importante compartilhado é o rastreador de trabalhos em andamento. Nele, é possível para os interessados saber quais são as linhas de produção em execução, o momento de abertura, o momento de alteração, os responsáveis, o status e outras informações.

Projeto paralelo

Com foco em segurança, capacidade de atualização e desempenho, o Fuchsia é um sistema operacional de nível de produção base, para desenvolvedores criarem produtos e experiências robustas em uma gama variada de dispositivos. Ele utiliza um microkernel chamado Zircon, o que o torna também diferente dos sistemas com kernel Linux.

É importante também registrar que o Fuchsia não tem como norte, a princípio, substituir o Chrome OS ou até mesmo o Android. Pelo menos é o que Hiroshi Lockheimer, um dos membros fundadores da equipe do Android no Google, vice-presidente sênior do Chrome OS tem declarado e um dos principais engenheiros à frente do desenvolvimento do código aberto do sistema operacional Fuchsia.

A reabertura de testes e permissão de colaboração do público para o desenvolvimento do Fuchsia pode ser enxergada como um avanço no universo de códigos abertos. E agora, o desenvolvedor interessado em fazer parte desse promissor projeto Google pode clonar, compilar e contribuir para isso.

publicidade

Via: Android Headlines.