Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Mesmo após ter sido condenada por instalar malware em 21 milhões celulares para lucrar em cima de seus usuários, a Gionee não desiste, e apresentou mais um smartphone, o K30 Pro, ainda que de forma discreta.

Segundo a fabricante, o Gionee K30 Pro terá tela de 6.5 polegadas LCD com resolução HD+ de 729×1520 pixels no formato notch. As especificações são confirmam os dados vazados recentemente que já indicavam a chegada do aparelho.

publicidade

Além da tela, a Gionee informou que o K30 Pro terá chip MediaTek de 2.0 GHz e bateria de 4000 mAh. Não há informações se o aparelho suportará carregamento rápido.

O K30 Pro terá câmera frontal de 8 MP e um módulo traseiro circular com três câmeras, sendo a principal de 16 MP, com uma câmera macro e outra com lente ultra-wide de 120 graus. Apesar do conjunto de câmeras modesto, o Gionee K30 Pro terá duas versões, com 6 e 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento. Infelizmente, o sistema é o obsoleto Android 7.1.1.

Imagem mostra o design do Gionee K 30 Pro exibindo sua parte frontal e traseira com câmera tripla

Os novos celulares K30 Pro serão vendidos na faixa de US$ 100 e US$ 120 dólares. Não há previsão para o lançamento dos aparelhos no ocidente.

publicidade
Uma história conturbada

A Gionee espera que o lançamento da linha K ao mercado chinês marque um novo começo para a empresa, que historicamente, vive se envolvendo em problemas. Vale lembrar que a empresa chegou a decretar falência em 2018, por conta de problemas financeiros causados pelo vício de seu fundador com jogos de azar.

Para entender melhor o motivo da recente condenação, a empresa estava usando uma ferramenta maliciosa que era tão simples quanto lucrativa. Uma atualização de um app disfarçada em uma atualização de sistema, roubava informações de pagamento do usuário após a instalação. A Justiça da China estimou que a Gionee chegou a lucrar mais de US$ 4 milhões com os cerca de 21 milhões de aparelhos afetados.

Agora, o grande problema é a má fama que certamente passará a ter após ser condenada por instalar malware em seus próprios celulares para lucrar em cima dos usuários. Assim, só nos resta aguardar para ver se o novo K30 Pro será bem recebido pelos usuários após mais essa confusão da Gionee.

Via Gizmochina.