Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Um aplicativo experimental lançado pelo Google nesta terça-feira (8) vai facilitar a comunicação de pessoas com deficiências motoras ou de fala. Compatível com Android 9 ou versões superiores, o Look to Speak permite aos usuários selecionarem frases indicadas pelo app com a mira dos olhos.

O fonoaudiólogo Richard Cave, do Google, foi o responsável por encabeçar o projeto Look to Speak. Ele trabalha com pessoas que sofrem de deficiências motoras e de fala, especialmente problemas linguísticos. “É mais do que um trabalho para mim”, diz Cave, em postagem de blog anunciando o app. “Todos os dias, me esforço para ajudar as pessoas a encontrarem formas mais fáceis e acessíveis de expressar sua identidade e suas opiniões e sentimentos.”

publicidade

Para ativar o Look to Speak no Android, basta mirar para cima. Depois, é possível navegar olhando para a esquerda ou a direita e selecionar então a sentença desejada dentro de uma lista pré-determinada. A frase em questão é, então, lida para o interlocutor. A única desvantagem, porém, é que o menu de configuração do aplicativo – onde as frases podem ser editadas – não é acessível pelo olhar e só pode ser acionado pelo toque manual.

Para rastrear o movimento dos olhos, o Look to Speak usa a câmera frontal do celular como uma espécie de sensor. O dispositivo deve ser instalado pouco abaixo do nível dos olhos. Além disso, você pode ajustar a sensibilidade do rastreador (como supracitado, somente com toque manual). O Google assegura que os dados são privados e permanecem no dispositivo.

O Look to Speak faz parte da coleção “Start with One, Invent for Many”, lançada pelo projeto Experiments with Google. Entre os experimentos mais famosos na plataforma, está um aplicativo que reproduz infinitamente um videoclipe de versões alternativas para “Bad Guy”, da cantora americana Billie Eilish.

publicidade

Via: Engadget.