Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Honor vem fazendo valer sua separação da Huawei, após esta última ter vendido a marca no meio de novembro de 2020, e vem investindo na aquisição de espaços a fim de expandir seu volume de lojas físicas.

Novas lojas já estão em pleno funcionamento na China, especificamente nos distritos de Chengdu, Lanzhou, Wuhan e Xiamen. Há também a conversa de que a Honor está construindo duas lojas conceituais para oferecer uma experiência de uso de seus smartphones de custo intermediário – ambas, para entrega ainda em dezembro de 2020, além de uma terceira unidade para janeiro do ano que vem.

publicidade
Honor lojas

Depois de tornar-se independente da Huawei, Honor agora investe na expansão de suas lojas físicas

A matéria não teve qualquer comentário oficial por parte da Honor, mas ela corrobora os avanços da empresa no mercado doméstico. A companhia começou a investir com mais afinco nos seus canais offline em 2015, ampliando seus canais independentes mesmo quando ainda era uma subsidiária da Huawei. Ao final de 2019, a Honor já contava com mais de 2,3 mil lojas próprias na China.

Em julho deste ano, o presidente da Honor, Zhao Ming, afirmou que as vendas offline da marca superaram o comércio online – uma tendência que pode continuar após a Huawei ter vendido a marca para o consórcio New Information Technology. Inclusive, a própria Huawei afirmou recentemente que espera que a Honor, agora independente, torne-se uma valorosa concorrente.

Fonte: TechSina, via Gizmochina

publicidade