Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Usuários na Índia relataram que seus Xiaomi estão reiniciando sozinhos. Isso vem acontecendo desde a atualização da interface do usuário para a MIUI 12, proprietária da marca. Os celulares estão entrando num num bootloop. Isto é, o smartphone tenta inicializar seu sistema operacional, não consegue e reinicia, entrando num ciclo muitas vezes interminável.

De início, a preocupação era de que o problema fosse causado por uma falha de hardware, o que significaria uma grande dor de cabeça para os usuários e também para a Xiaomi. Entretanto, a causa do bootloop foi encontrada: um conflito entre a função Find My Device e o aplicativo Thanks. Esse último é da empresa de telecomunicações indiana Airtel, responsável pelo gerenciamento do cartão SIM (ou chip, como é mais comumente chamado no Brasil). Por isso o problema foi relatado, até onde se sabe, apenas por indianos.

publicidade
Solução drástica

A hipótese levantada por usuários do Reddit, tentando solucionar o problema, é de que o app do chip usa muita memória RAM, chegando ao ponto do smartphone reiniciar por ficar sobrecarregado. A solução recomendada, então, foi a desinstalação do Thanks.

No sábado (14/11), a CIO (oficial de inteligência) da Airtel veio a público declarar que já estavam trabalhando com a Xiaomi para solucionar o conflito entre os aplicativos. Por enquanto, o problema, que afetou pelo menos os modelos Redmi Note 7, Note 9 Pro Max e o Poco M2 Pro, foi resolvido por meio duma atualização do app Thanks.

A Xiaomi, por sua vez, anunciou que uma solução permanente virá ao longo desta semana, mas talvez não para todos os usuários, que deverão entrar em contato com a empresa. Além de desinstalar o Airtel Thanks, outras soluções recomendadas pelo site XDA Developers são desabilitar o Ultra Battery Saver, função que permite aproveitar ao máximo a bateria do smartphone com restrição de alguns apps, ou desabilitar o Find My Device, um dos responsáveis pelo bootloop.

Via Android Authority.

publicidade