Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Parece que finalmente aconteceu: a Huawei vendeu a Honor. Alguns boatos surgiram dizendo que a venda da subsidiária foi feita para um novo empreendimento conjunto. Segundo o site Android Headlines, um representante da marca disse que por enquanto, não há esclarecimento para o assunto. Essa fala do representante passa uma ideia de que de fato o negócio pode acontecer.

Com produtos mais acessíveis e com um faturamento de 5 bilhões de Yuans (cerca de R$ 4,5 bi) em 2019, a Honor é (ou era) uma grande fonte de renda para a Huawei em muitos países. Mas as recentes proibições nos EUA podem ter sido o grande motivo de sua venda.

publicidade

Huawei vendeu Honor

A influência dos EUA

Com o comando dos EUA nas mãos de Donald Trump, a Huawei e a Honor tinham muitas dificuldades para se desenvolver por lá, por exemplo, seus smartphones tinham restrições de uso com os serviços do Google. Além disso, seus processadores e hardwares apresentaram muitas falhas e problemas com disponibilidade.

Sendo assim, com a recente vitória de Joe Biden, as coisas podem melhorar na relação entre Huawei e o país do Tio Sam. Mas, não é garantido que o novo presidente vai facilitar as coisas para a empresa e sua subsidiária.

Por fim, mesmo com as dúvidas, muitas fontes já afirmam que a Huawei vendeu a Honor e dizem que o anúncio oficial da venda será feito no próximo dia 20.

publicidade

Via: Android Headlines.