Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Costumeiramente pontual, a Apple tirou do ar a página da Apple Store para atualizá-la com o preço do iPhone 12 e iPhone 12 Pro (bem como os outros dois modelos), cujas pré-vendas começam hoje (6), por todo o planeta. No Brasil, a empresa de Cupertino já posicionou a nova página com os valores atualizados para o mercado local.

E sim, vai doer no bolso.

publicidade
preço do iphone 12

A linha do iPhone 12 teve seus preços brasileiros confirmados pela Apple, que priorizará vendas online em virtude da pandemia (Imagem: Reprodução/Apple)

Como você vê pela imagem acima, o iPhone Mini, o modelo de entrada, custa a partir de R$ 6.999,00, enquanto o modelo principal, o iPhone 12, tem preço sugerido de R$ 7.999,00. Ambos estão disponíveis em cinco cores: branco, preto, azul, verde e vermelho.

Já no espectro mais poderoso, o iPhone 12 Pro tem etiqueta de R$ 9.999,00, enquanto o modelo topo de linha da série – iPhone 12 Pro Max – sai por R$ 10.999,00. Para estes dois, todas as cores acima estarão disponíveis, exceto a vermelha.

preço do iPhone 12

iPhone 12 Pro e Pro Max: modelos mais poderosos da nova linha de smartphones vão sair caros (Imagem: Reprodução/Apple)

A Apple também aproveitou a data para liberar do embargo algumas publicações americanas que receberam o iPhone 12 Mini e o iPhone 12 Pro Max para review. Nos dois extremos, a recepção do aparelho foi majoritariamente favorável, com a PC Magazine elogiando a qualidade dos sinais 4G e 5G, uma bateria mais duradoura e a função Night Mode para fotos noturnas, enquanto o CNET exalta o abraço à tecnologia MagSafe e o design do aparelho.

Ambos os sites, porém, destacam pontos negativos, como a confusão na situação de carregar a bateria (a Apple deixou de fornecer o adaptador de tomada para o iPhone 12), e o fato de que, entre o modelo Mini e o Pro Max, os intermediários iPhone 12 e iPhone 12 Pro podem ficar perdidos.

publicidade

Conversando com a equipe do Vida Celular, a assessoria de imprensa da Apple no Brasil confirmou que, devido às restrições impostas pela pandemia da COVID-19, a empresa se concentrará nas vendas online do aparelho (via Apple.com/br), limitando a presença física em lojas da marca ao agendamento prévio online.

Fonte: Apple (1) (2) / CNET / PC Magazine