Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Muita tecnologia por um preço acessível. Essa é a promessa do LG K92 5G, que está previsto para chegar às lojas dos EUA no dia 6 de novembro

A LG recheou o dispositivo com configurações que, normalmente só são encontradas em smartphones considerados premium, com preços elevados. O LG K92 5G, que entrou no mercado americano com o preço mid-range, subsidiado pela operadora AT&T por US$ 395,00 (R$ 2.264,00, na conversão atual). Esse preço pode cair um pouco e chegar a 359,00 (R$ 2.074,00) para clientes com opção fidelidade da operadora. No Brasil, ainda não se sabe.

publicidade

A princípio, a única cor disponível para quem quiser comprar é Titan Grey.

Principais destaques do LG K92

Pronto para a tecnologia 5G, como o próprio nome diz, o smartphone da LG tem como principais características a tela de 6,7 polegadas com resolução Full HD +, a câmera quádrupla de 64MP na parte traseira e a câmera de selfie, de 16 MP. O sistema de som com tecnologia 3D promete uma experiência completa de imersão em vídeos, filmes, games e, claro, para ouvir suas músicas favoritas por um longo tempo, graças à bateria de 4000 mAh. A promessa é de que o aparelho suporte carga rápida, por meio da tecnologia Quick Charge 4, via porta USB-C.

O processador escolhido para equipar O LG K92 5G foi o Qualcomm Snapdragon 690 5G. O dispositivo também sai de fábrica com 6GB de RAM e 128GB de armazenamento interno, expansível até 2TB via cartão microSD, vendido separadamente.

publicidade

O sistema operacional é o Android 10, e a interface é proprietária. Ainda não há informações sobre a disponibilidade do LG K92 5G para outros mercados, tampouco se ele virá habilitado para receber o upgrade para o Android 11. Ou, o que deve interessar particularmente num mid-range, como fica o preço com as operadoras.

Via: PR Newswire