Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Samsung criou um display de 10.000 ppi em parceria com a universidade americana de Stanford. É isso mesmo que você está lendo em sua tela com densidade de 400 ppi. No dia 22 desse mês, a universidade de Stanford publicou em sua página o resultado da parceria. Ambas criaram uma arquitetura OLED que permite a telas de smartphones, televisões e acessórios de realidade virtual alcançarem resoluções altíssimas.

Para alcançar o feito, as organizações usaram desenhos já existentes de eletrodos de painéis solares ultra-finos. Desse modo, conseguiram desenvolver a arquitetura. Assim, a Samsung criou um display de 10000 ppi.

publicidade
Como essa arquitetura funciona?

A nova tecnologia usa uma camada prateada e outra de metal reflexivo, com ondulações nano. Isso significa que as propriedades refletivas da tela mudarão, possibilitando que cores específicas ressoem pelos pixels.

Parte interna do projeto do display da Samsung de 10.000 ppi

Parte interna do projeto do display da Samsung de 10.000 ppi. Imagem: Stanford/Divulgação

Onde se usaria um display de 10.000 ppi?

A tela poderia ser usada em headsets VR (realidade virtual) ou AR (realidade aumentada). Além disso, a tecnologia poderia eliminar um defeito comum na realidade virtual. Nela, as bordas dos pixels se destacam, caso aproxime demais seu rosto da tela.

Aliás, a promessa é que você não será capaz de distinguir pixels individuais. Isso significa que a sensação de realismo em um headset de realidade virtual ficará maior com essa arquitetura de tela.

Por outro lado, estima-se que ainda demorará para vermos telas com essa arquitetura. É provável que empresas que desenvolvem aplicações em realidade virtual as acessem antes do consumidor final.

publicidade

Sendo assim, é necessário ter alto poder computacional para criar imagens com essa densidade de pixels. Por isso, mesmo um PC gamer potente não poderia gerar as imagens que essa tela seria capaz de mostrar.

Não é de hoje que a Samsung tem ótimas novidades sobre telas. Recentemente, a empresa registrou patente de uma tela dobrável em forma de Z.

Já imaginou ter uma tela com uma densidade de 10.000 ppi em casa? Conta para a gente: qual jogo você jogaria em uma tela assim?

Via SamMobile.