Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

No prêmio Tipping Point (algo como “ponto de virada”), a Nasa patrocina inovações da iniciativa privada para a exploração espacial. Na última edição, a Nokia foi um caso peculiar. Entre inovações como aumentar a potência dos foguetes, a Nokia faturou uma bolsa de US$ 14,1 milhões para levar uma rede celular à Lua. Ou, mais precisamente, seu setor desenvolvimento, os Bell Labs.

Esta é a descrição do projeto feita pela Nokia:

publicidade

Inspirada pela tecnologia terrestre, a Nokia prende estabelecer o primeiro sistema de comunicações LTE/4G no espaço. O sistema pode suportar comunicações na superfície lunar a maiores distâncias, em maiores velocidades, e prover mais confiabilidade que os padrões atuais.

Segundo comunicados, o segredo da Nokia para levar o celular à Lua foi criar uma tecnologia pensada para resistir não só às condições extremas do espaço, mas também às violentas vibrações no lançamento terrestre e pouso lunar.

Além disso, para levar uma rede celular à Lua, ainda foi preciso reduzir ao máximo o tamanho e peso. Com a rede, serão feitas funções de comunicação e transmissão de dados, bem como o controle de rovers, navegação em tempo real e transmissão de vídeo em streaming.

A primeira versão da rede lunar será 4G, mas a empresa pretende atualizar a tecnologia para 5G assim que possível. Saiba mais sobre a escolha da NASA no site da Bell Labs.

publicidade

Em conclusão, a Nasa pretende levar astronautas à Lua a partir de 2024, através do seu Programa Artemis. Dessa forma, a agência precisa prover aos futuros moradores da lua algumas conveniências bem terrenas, e uma boa rede celular é algo fundamental.

Via: SpaceExplored.com