Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Os analistas de mercado já avisaram que a procura pela série iPhone 13 será grande e, ciente do possível aumento da demanda pelo flagship, a Apple está acertando com novos fornecedores. A ideia é ter mais empresas produzindo os carros-chefes, que têm previsão para chegar ao mercado entre setembro e outubro deste ano.

O relatório recente divulgado pelo site Nikkei Asia revelou que a nova empresa que firmou contrato com a Apple é a Luxshare Precision. Ela ficaria incumbida de dar conta de 3% da demanda dos novos iPhones, com o restante da produção sendo dividido entre a Foxconn e a Pegatron, parceiras de longa data da Apple.

publicidade

A Luxshare, mesmo ficando responsável por uma fatia pequena, terá participação importante ao colocar na mama de fornecedores mais duas empresas trabalhando para cumprir a demanda projetada pela Apple. Segundo o site Nikkei Asia, a produção dos 3% contará com a participação da Cowell, da Coreia do Sul, e da Casetek, de Taiwan. A primeira fornecerá os módulos de câmera, e a segunda as armações de metal para a linha iPhone 13.

Um executivo da Apple, sob a condição de anonimato, justificou a escolha da empresa pela Luxshare. “Embora a Luxshare produza apenas uma pequena porcentagem dos iPhones este ano, não podemos baixar a guarda. Se não fortalecermos nossa competitividade, mais cedo ou mais tarde, eles serão a principal fonte”.

Telas BOE

A lista ampliada da Apple de fornecedores para dar conta do aumento da demanda não para por aí. O relatório divulgado nesta quarta-feira (04/08) mostrou que também farão parte da relação a Sunny Optical e a BOE.

A primeira supervisionará a fabricação de uma pequena porcentagem das lentes das câmeras traseiras, enquanto a segunda fará parte da produção das telas, juntando forças com Samsung e LG. As três empresas trabalharão para dar conta da demanda pelas telas de 120Hz de resolução que farão parte da família. A ideia de puxar a BOE para a gama de empresas responsáveis pelas telas, segundo os insiders, é aumentar o poder de barganha junto a Samsung.

publicidade

Via Phone Arena

Imagem: gorodenkoff/iStock