Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O LinkedIn aproveitou o dia do Orgulho LGBTQIAP+ para anunciar um novo recurso que busca tornar o ambiente da rede social mais inclusivo: a área de pronomes. De acordo com a empresa, os usuários poderão criar especificar a maneira como desejam ser chamados pelos seus colegas e empregadores.

Segundo o LinkedIn, o recurso de pronomes já funciona há algum tempo em países como os Estados Unidos e agora chega para as comunidades do México, França, Alemanha, Noruega, Dinamarca e Brasil.  Agora, os profissionais terão a opção de selecionar os pronomes de tratamento. Além das opções ele/dele, ela/dela e eles/deles, também será possível adicionar pronomes personalizados que atendam a necessidade de toda a comunidade LGBTQIAP+.

publicidade

O campo de pronomes pode ser adicionado na parte de edição do perfil do usuário. Também há uma opção que permite escolher para quem esta informação será exibida dentro da plataforma.

Linkedin aproveita o mês do orgulho LGBTQIAP+ para lançar recurso de pronomes de tratamentos para seus usuários. Imagem: Vida Celular

De acordo com o LinkedIn, além da diversidade e da celebração do mês de orgulho LGBTQIAP+, o novo recurso tem como objetivo facilitar a comunicação entre usuários além das fronteiras culturais, de gêneros e geográficas. “A criação dessa ferramenta possibilita uma comunidade mais amigável e inclusiva, em especial para a comunidade de pessoas transexuais e aqueles que se identificam como não binários ou preferem usar pronomes de gênero neutro” – declarou a empresa.

#ProudAtWork

Ainda de acordo com o LinkedIn, as celebrações do mês de orgulho LGBTQIAP+ também foram além e contaram com uma campanha que busca construir um ambiente cada vez mais diverso no mercado de trabalho por meio da hashtag #ProudAtWork, que busca incentivar o debate pela inclusão na rede.

publicidade

Segundo a rede social, neste ano a campanha contou com a participação profissionais LGBTQIAP+ e apoiadores da causa para escreverem sobre o tema “Como é o espaço de trabalho do futuro?” na rede. Neste material, há o passo a passo para que todos possam usar a plataforma da melhor maneira possível com a publicação de artigos, stories e outros conteúdos voltados para desafios, assim como as vitórias da comunidade nos últimos anos.

Projeto SOMA

Além das ações do mês de junho, o LinkedIn também divulgou que um novo programa está sendo lançado em colaboração entre os grupos de diversidade das empresas BASF, Natura e Visa com o intuito de promover a inclusão social de pessoas trans e travestis por meio do trabalho, cultura, saúde e bem-estar. O esforço das empresas parte da ideia de que “Somos Mais fortes em conjunto” (SOMA) e terá uma grade disciplinar com 10 semanas de treinamento e desenvolvimento. O projeto, inicialmente, será voltado para apoiar iniciativas que beneficiarão mulheres trans e travestis que vivem no Centro de Acolhida Especial Casa Florescer, em São Paulo.

Além do LinkedIn, outras redes sociais aproveitaram o mês do orgulho LGBTQIAP+ para criar ações de empoderamento e apoio à diversidade. O TikTok, por exemplo, criou uma série de efeitos exclusivos em comemoração à diversidade, além de contar com uma programação exclusiva sobre conscientização do tema.

Imagem: Tim Bieler/Unsplash