Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O Departamento de Defesa americano está trabalhando num app chamado “Gig Eagle” para juntar reservistas e veteranos trabalhando no setor privado com gerentes de programas do DoD. Uma executiva da Defense Innovation Unit (Unidade de Inovação de Defesa) comparou o app do exército dos EUA com o Uber em um painel do AI Week SNG Live no meio de maio.

“Estamos criando uma gig economy para o Departamento de Defesa”, disse Sarah Pearson no painel da SNG. “Vocês podem pensar nisso como um Uber, mas para o DoD.” Assim, ao invés de conectar passageiros com carros e seus motoristas, o órgão pode conectar comandantes e gerentes com profissionais militares prontos para trabalharem em seus projetos, de acordo com suas habilidades.

publicidade
Gig Eagle seria um app para gerencialmento de talentos

Em um e-mail para a Motherboard, a Defense Innovation Unit disse que o Gig Eagle, descrito também como “um aplicativo de gerenciamento de talentos”, ainda está nos primeiros estágios de desenvolvimento, então não há como saber como será o produto final. Quanto à comparação do app com “um Uber para o exército dos EUA”, fica a dúvida de se isso quer dizer uma precarização de trabalho para o pessoal do DoD, mas especialistas acreditam que há uma necessidade real para um aplicativo do tipo para a defesa americana.

“Primeiro, há realmente uma falta de talento técnico no DoD”, disse Maaike Verbruggen, doutora e pesquisadora do International Security Center, instituto focado em tecnologia e inovação militar. “O modo como as trajetórias de carreira são estruturadas não valoriza ou recompensa habilidades técnicas, então os talentos que o departamento tem não são necessariamente usados em seu potencial total. Isso é visto como um dos maiores obstáculos para a inovação militar. Mas a segunda razão mais abstrata [para a comparação do app do exército dos EUA com o Uber] é uma fetichização geral da cultura de inovação do Vale do Silício no DoD.”

O quartel-general da Defense Innovation Unit fica no Vale do Silício, e a própria Pearson já trabalhou no Google.

Via Motherboard

publicidade

Imagem: Pixabay / Pexels