Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O mercado vem esbanjando intermediários dos mais variados tipos, e no segmento daqueles mais simples, está chegando o Coolpad Cool 20. Se trata de um aparelho da chinesa voltado mais para desempenho, deixando outras áreas com recursos mais simples. O preço menor frente aos seus concorrentes é outro atrativo.

Com tela de 6,5 polegadas e resolução HD, o Coolpad Cool 20 conta com taxa de atualização de apenas 60Hz. Seu ponto forte é a combinação do processador MediaTek Helio G80 com 4 ou 6 GB de memória RAM. O armazenamento interno varia de 64 a 128 GB. A bateria, como se espera de um intermediário, vem com 4500 mAh.

publicidade

Coolpad Cool 20 nas cores azul, preto e branco

Apesar de apostar em módulo retangular de câmeras, a empresa adotou um visual diferenciado para a caixa de lentes. O sensor principal é “abraçado” por uma tintura preta, enquanto o secundário se alinha com o flash, que causa a sensação de uma terceira câmera. São apenas duas:  uma de 48 megapixels, e outra para profundidade em modo retrato. A frontal é uma de 5 MP.

Que Android é esse?

Um mistério é sobre a versão do Android utilizada: a empresa não descreve qual software colocou aqui, apenas se limita a informar que personalizou a experiência com a interface CoolOS. A fabricante não tem o melhor histórico do mercado quando falamos de atualização de SO, por isso não é recomendado que se compre o Coolpad Cool 20 esperando compromisso nesse sentido.

Sem inovar, o smartphone acaba se destacando mais pelo preço: começa em US$ 109 (R$ 578 em conversão direta hoje, 25/05) pela versão 4 GB/64 GB, e vai até US$ 172 (R$ 913) pela variante com 6 GB/128 GB. Mesmo para o mercado internacional — no qual muitos intermediários saem por até US$ 200 — o valor é interessante. Mas no momento a comercialização acontece apenas na China. Pode valer para quem não tem grandes pretensões fotográficas ou espera um longo calendário de atualizações.

publicidade

Via Playful Droid