Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Vivo, fabricante de celulares da China homônima da operadora de telefonia de celular que atua no Brasil, está próxima de lançar o quinto smartphone da série X60, que chegará ao mercado local com carregador rápido de 33W. Batizado de Vivo X60t Pro, o modelo vem sendo trabalhado sob o código V2120A e, de acordo com a agência reguladora 3C (similar à nossa Anatel), terá algumas diferenças em relação às variantes anunciadas no fim de dezembro do ano passado.

O carregamento rápido é o mesmo encontrado nas versões básicas e na X60 Pro, assim como a tecnologia 5G e, embora a ficha técnica vazada no site do órgão regulador não forneça qualquer outra informação a respeito do X60t Pro, as expectativas indicam que ele será uma versão com especificações superiores às encontradas no X60t, independentemente do carregador.

publicidade
O que se espera?

De acordo com os leakers que começaram a discutir as possíveis configurações do Vivo X60t Pro, ele terá debaixo do capô um processador capaz de se equiparar ao do Vivo X60 Pro+, que é equipado com o Snapdragon 888, da Qualcomm. O X60t Pro, por sua vez, deve vir com o MediaTek Dimensity 1200, superior ao da variante X60t, que é o Dimensity 1100, também da MediaTek.

O flagship também deve apresentar maior capacidade de RAM do que a versão anterior, que oferecia somente 8 GB, combinada com 128 GB de armazenamento interno. Para a nova variante da série Vivo X60 também são esperadas até 12 GB de RAM e até 256 GB de armazenamento interno, que trabalhariam com uma bateria de 4200 mAh, alimentada pelo já citado carregador de 33W.

O futuro smartphone teria tela de 6,56 polegadas, AMOLED FHD+, com taxa de atualização de 120Hz e câmera de selfie de 32 megapixels, alocada em um furo na parte superior central da tela. A tela também abrigaria sensor de impressões digitais, enquanto a traseira do smartphone teria um sistema quádruplo de câmeras, com a principal oferecendo 48 megapixels.

Ainda não há data prevista para o lançamento ou qualquer informação sobre o preço, mas não custa lembrar que o Vivo X60 Pro+, versão mais poderosa da família, foi lançado em janeiro deste ano, com preços entre R$ 4.200 e R$ 5.000, já na conversão de yuan para real, e sem a inclusão de taxas ou impostos.

publicidade

Via GSM Arena e Nashville Chatter