Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Na Indonésia, há dois aglomerados de motoboys esperando entregas do McDonald’s pelo Gojek, o iFood sul-asiático: o primeiro grupo, na frente da loja, disputa ombro a ombro os espaços na calçada. O segundo grupo, porém, está a quilômetros de distância – se amontoando apenas no GPS. Os Ojols, como são chamados os entregadores locais, utilizam apps clandestinos para tornar a difícil vida no delivery minimamente mais aguentável.

Para sobreviver à alta competição e as ruas de navegação extenuante, os Ojols acabaram fomentando um “mercado cinza” das lojas de aplicativos, usando apps ilegais para ter mais controle sobre as entregas. Os Tuyuls, como são chamados esses apps, são desenvolvidos por entregadores com experiência em programação, e popularizam no boca a boca. O contornador de GPS, por exemplo, possuía mais de 500 mil downloads.

publicidade

Parte da demanda dos Tuyuls surge não só da necessidade dos trabalhadores, mas também do descaso da empresa. Servindo como uma espécie de “técnicos da estrada”, os entregadores programadores inicialmente ajudavam outros Ojols com funções básicas de celular, que iam desde formatação e instalação limpa até auxílio com o app de delivery. Aos poucos, os programadores resolveram problemas de usabilidade do Gojek, como, por exemplo, uma lupa digital para motoristas com dificuldade de leitura dos pedidos.

A demanda, eventualmente, evoluiu para que eles criassem seu próprio kit de ferramentas para o expediente. Mais ainda, a própria comunidade de entregadores criou guias de como fazer root em um aparelho Android para instalar esses apps, e burlar a detecção dos sistemas do Gojek. Em outras palavras, para andar nas ruas, um Ojol precisa ser também um usuário avançado de celular – e eles criaram uma comunidade inteira para isso.

Apps clandestinos levam a guerra entre entregadores e empresas

Como é de se esperar, o Gojek não aprova que seus entregadores usem apps clandestinos para burlar seus sistemas de entrega. A empresa utiliza algoritmos de posicionamento pelo GPS para designar os pedidos aos Ojols, e a detecção de fraude pode levar a derrubada dos motoboys da plataforma.

Entretanto, os entregadores alegam que os Tuyuls mais ajudam do que atrapalham a empresa. Pontos de entrega em Jakarta, a capital da Indonésia, por exemplo terminam por acumular grandes grupos de Ojols na frente de estações de transporte público, atrapalhando a todos no local. Diversos locais de espera também colocam os motoboys desabrigados das constantes chuvas locais.

publicidade

Via VICE Motherboard

Imagem: Kate Trifo/Pexels/CC