Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Surpresa no mercado de aplicativos de carro particular, a Cabify anunciou que encerrará suas atividades no Brasil em breve. Rival do Uber e 99, a plataforma soltou um comunicado nas suas redes sociais informando sobre a decisão que desativará o app por aqui ainda no primeiro semestre.

Agradecendo a confiança dos usuários, a companhia lembra que continuará operando em mercados da América Latina, apesar do encerramento da Cabify no Brasil. A situação lembra a decisão do Glovo há alguns anos que, com honestidade, reconheceu que o mercado de apps de delivery era competitivo demais para ela. Aqui, Cabify disputou mercado principalmente com o gigante Uber — que iniciou a tendência de carros particulares por app — e com a 99,  que nasceu brasileira, mas atualmente é propriedade da poderosa chinesa Didi Chuxing. Na tentativa de melhorar sua participação por aqui, se fundiu com a Easy Taxi.

publicidade

Confira abaixo o tweet no qual a Cabify Brasil comunica o encerramento de suas atividades.

publicidade

Já há algum tempo a empresa dava sinais de que havia desistido: seu Twitter, por exemplo, não recebia atualizações desde dezembro do ano passado. Não se ouvia falar em descontos para viagens. A companhia não divulgava mais suas ações locais também, porque elas não existiam. São, ou ingredientes para alcançar esse resultado, ou decisões administrativas que já preparavam em segundo plano o fim das operações.

Os sinais de crise local, porém, existem desde 2018: naquele ano dois executivos foram demitidos, e a companhia não alcançava 5% da demanda do Uber. Nas próximas semanas ainda será possível utilizar a plataforma, mas o usuário é fortemente incentivado a se adaptar a outras alternativas. Em 14 de junho o Cabify encerra oficialmente operações no Brasil.

Imagem: Markus Winkler/Unsplash/CC