Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Após vários vazamentos, a chinesa Vivo acabou com o mistério e oficializou a data de lançamento do iQOO Neo5 (ou Neo 5) para março. Uma publicação, na rede social chinesa Weibo, confirmou que no dia 16/02 a fabricante oficializará seu próximo smartphone iQOO, previsto para ser um flagship.

O novo smartphone será o sucessor do iQOO Neo3, lançado em 2020. Alguns poderão estranhar que nem ao menos existe um Neo 4 para agora termos um Neo 5. A fabricante de fato pulará a numeração pelo fato do número 4 ser considerado nada auspicioso na China, e provavelmente apresentará um bom salto de desempenho e recursos em relação ao anterior.

publicidade
iQOO Neo5 deve ter Snapdragon 870 e até 12 GB de RAM

Caso as previsões se confirmem, o Neo5 deve trocar o processador Snapdragon 845 pelo Snapdragon 870 da Qualcomm. Não chega a ser um Snapdragon 888, mas já é um belo avanço. Além disso, ele deverá oferecer opções com até 12 GB de memória RAM, trazendo tela AMOLED da Samsung com taxa de atualização de 120Hz.

Rumores começam a divergir quando o assunto é o carregamento rápido do celular: alguns insiders dizem que o iQOO Neo5 poderá ser recarregado com até 88W de potência. Apostas mais conservadoras apontam para um limite de 66W. Em ambos os cenários, estamos falando de uma velocidade de carregamento que garante boas horas de autonomia com apenas alguns minutos na tomada. É provável que até o dia 16 de março a chinesa Vivo fale mais sobre as especificações do smartphone. Mas, vale lembrar que para a tristeza de muitos, a Vivo Global não distribui seus celulares oficialmente no Brasil.

O que quer que o iQOO Neo5 nos ofereça a partir de março, seu foco será o mercado de flagships de baixo custo. Os preços ainda podem ser salgados para muitos, mas insiders apontam para valores a partir de 2.998 yuans (R$ 2.563 em conversão direta em 25/02), chegando a 3.698 yuans (R$ 3.162) pelas versões mais avançadas, o que hoje, no Brasil, é o preço de lançamento de produtos intermediários.

Via Weibo

publicidade