Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Um golpe comum na internet é quando um usuário dono de uma arroba visada, geralmente nomes curtos, tem sua conta hackeada e vendida para outra pessoa. Agora, numa ação liderada pelo Facebook, Instagram, Twitter e TikTok estão trabalhando para dificultar a vida desses hackers, e assim, garantir mais segurança para os usuários.

A ação conjunta das plataformas está focada no site OGUsers, uma comunidade conhecida por vender contas roubadas. Em um caso que chamou a atenção em julho passado, um usuário do OGUsers hackeou em massa contas verificadas do Twitter. A rede social foi obrigada a suspender tuítes de usuários verificados para resolver o problema.

publicidade

Recentemente o Facebook suspendeu centenas de contas ligadas a essa comunidade de hackers. A ação inclui contas que afirmavam comprar arrobas roubadas, assim como contas de “intermediário”. Esses intermediários “seguram” o dinheiro do comprador para que ele não seja enganado pelo vendedor nessas transações criminosas, e ficam com uma porcentagem do valor pago.

Nova função para posts apagados

Outra mudança realizada pelo Facebook para dificultar o trabalho dos hackers foi a introdução de uma pasta “Deletado Recentemente”. Provando ser o dono real de uma conta hackeada, com a função o usuário pode restaurar postagens que forem apagadas em até 30 dias. Hackers também ficam impedidos de apagar posts definitivamente se não provarem ser o dono verdadeiro da arroba.

Segundo o jornalista de segurança Brian Krebs, hackers estão roubando contas do Instagram, Twitter e TikTok através de intimidação, assédio, coação, extorsão e técnicas como troca de cartão SIM. O próprio Facebook admitiu que mesmo com suas últimas ações, é muito improvável parar os hackers totalmente. Para garantir a segurança dos seus perfis, é sempre bom lembrar as dicas clássicas: usar uma senha forte, habilitar identificação em dois fatores e, se possível, usar apps de autenticação que geram códigos para verificação dupla direto no celular.

Via Tom’s Guide

publicidade

Imagem: Nahel Abdul Hadi / Unsplash