Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O Google Fotos é uma daquelas ferramentas que tem tudo para mudar a sua vida, ou pelo menos, garantir que você nunca mais perca suas lembranças dela, seus vídeos e suas fotos, mas que tal algumas dicas para otimizar melhor esse app?

Em um mundo em que os celulares são tão importantes para a preservação da nossa memória e identidade, ter o controle do seu arquivo pessoal de imagens é crucial. Entretanto, como fazer isso sem perder espaço no smartphone? Simples, é só usar o Google Fotos, assim você pode apagar as imagens do seu celular. O Google Fotos compacta e sobe todas as suas imagens para a nuvem, ainda que compactando um pouco o arquivo, sem manter a qualidade original.

publicidade

Reunimos abaixo um pequeno guia de como otimizar o Google Fotos no seu smartphone:

Passo 1: Sincronizando

Para garantir que suas fotos estão seguras, o primeiro passo é ativar o modo de sincronização com o Google. É só ir em “Armazenamento”, depois clicar na opção “Fazer backup das pastas do dispositivo”. A tela exibirá uma relação das pastas disponíveis, incluindo as que você quiser sincronizar.

Você também pode sincronizar as pastas individualmente. Basta abri-la no Google Fotos e ativar a opção “Backup e Sincronização” no canto superior direito. Por padrão, o Google sincroniza apenas imagens tiradas pelo dispositivo. Prints de tela, imagens de redes sociais ou baixadas de algum servidor de mensagem não entram no servidor senão configuradas pelo usuário.

Vale destacar aqui que o Fotos, como citamos, compacta as imagens, que assim, tem sua qualidade um pouco reduzida. Mas a opção possui data de vencimento: o Google já avisou que a partir do dia 01/06 desse ano, todas as imagens enviadas irão contar na cota de 15 GB que cada usuário tem no Google Drive.

publicidade

O padrão do Google Fotos é de sincronizar as fotos com o servidor quando o dispositivo está plugado ao carregador e possui uma conexão Wi-Fi ativa. Você pode ativar outras opções para backup automático, como o uso de rede móvel ou horários específicos.

Passo 2: Apagando as cópias locais

Uma vez sincronizadas aquelas fotos da viagem que você não quer perder, é só seguir os seguintes passos: à partir da aba Fotos, clique em “Gerenciamento” e, depois, “Liberar espaço”. Dependendo do quão expressiva é a quantidade, ele já deixa claro direto na tela. A tela seguinte notificará quantos de armazenamento ficará livre com base na quantidade de arquivos que subiram para o backup.

Feito isso, é só prosseguir e deixar o organizador fazer o trabalho. Como outra forma de otimizar o armazenamento no Google Fotos, você também tem a opção de excluir as fotos manualmente. Basta selecionar uma por uma (ou pasta por pasta) e depois, no canto superior direito, escolher o ícone de lixeira.

Por fim, é bom lembrar que as imagens selecionadas à mão não são excluídas imediatamente. O Google Fotos envia tudo direto para a lixeira e, para otimizar o espaço você precisa apagá-las lá também. Para isso, clique na aba Fotos e, depois, em “Lixeira”. Lá dentro, selecione a opção “Esvaziar Lixeira” e pronto.

Passo 3: Cadê minhas fotos?

Depois do backup, você vai notar que as fotos e pastas que você liberou mais espaço não aparecem imediatamente. Isso é porque elas foram parar direto na seção Arquivo. Para tornar elas visíveis novamente sem ocupar espaço no celular, é só entrar na opção e clicar no ícone direito, que exibirá todas as imagens em backup.

Outra opção é criar álbuns para estas imagens. Basta descer até o final da aba Fotos e clicar no símbolo de + para adicionar um novo álbum. A partir daí, será possível acessar as pastas no Google Fotos usando como base as imagens que estão no servidor.

Via Android Central

Imagem de Destaque: André Moura (Pexels)