AplicativosNotíciasRobinhood toma processo por bloquear ações da GameStop

Marina Schnoor1 mês atrás4 min

Começa mais um capítulo do drama envolvendo a sub-editoria r/WallStreetBets do Reddit, lojas GameStop, poderosos fundos de investimento e “stonks”. Agora a principal plataforma de microtransações envolvida, o app Robinhood, terá que encarar uma ação coletiva. O processo, aberto em Nova York, veio depois que o aplicativo bloqueou usuários de negociar ações da GameStop, que tiveram seus valores catapultados numa espécie de piada interna que foi longe demais dos membros do r/WallStreetBets.

Segundo o documento da ação coletiva: “o Robinhood removeu as ações ‘GME’ de maneira proposital, intencional e consciente de sua plataforma no meio de um aumento de ações sem precedentes, privando assim investidores da capacidade de negociar no mercado aberto e manipular o mercado aberto”. A ação deve ser julgada pelo SEC (Securities and Exchange Commission), o equivalente nos EUA da nossa Comissão de Valores Mobiliários.

A decisão do app gerou inúmeras críticas, principalmente porque o Robinhood se vende como uma plataforma “Democratizando as finanças para todos”, como diz a bio deles no Twitter.

Depois da notícia do bloqueio das ações GME pelo aplicativo, a congressista democrata Alexandria Ocasio-Cortez tuitou: “Isso é inaceitável precisamos saber mais sobre a decisão do Robinhood de impedir investidores de comprar ações, enquanto fundos de investimento podem negociar ações livremente como quiserem. Como membro do Comitê de Serviços Financeiros, apoio que haja uma audiência se necessário”.

E como as coisas atualmente só podem ficar mais bizarras, o senador republicano Ted Cruz, grande inimigo de Ocasio-Cortez, respondeu no Twitter com “Concordo totalmente”. Elon Musk, também conhecido como namorado da Grimes) também se meteu na conversa, tuitando “absolutamente”.

Tanto o SEC dos EUA como o Robinhood ainda não comentaram publicamente sobre a ação coletiva.

Via Motherboard