Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

A Xiaomi lançou nesta terça-feira (15/12) o Mi Reader Pro, sucessor do leitor de e-books Mi Reader, lançado no ano passado. Criado para enfrentar o Kindle Oasis, da Amazon, o novo aparelho apresenta, entre outras funcionalidades, um amplo display, cores de tela personalizáveis e buscas por voz para entrada de títulos.

Pesando 251 gramas, o Mi Reader Pro possui tela e-ink de 7,8 polegadas com uma densidade de 330 pontos por polegada, o que é um ganho significativo em relação ao Mi Reader original. A tela tem 24 níveis de iluminação LED e o tom da cor pode ser ajustado de quente para frio, dependendo do ambiente.

publicidade

Internamente, o Mi Reader Pro conta com processador quad-core com 2 GB de RAM e 32 GB de armazenamento. Ele vai rodar o Android 8.1. A conectividade inclui Wi-Fi e Bluetooth 5.0 e conta com suporte a plataformas chinesas como Baidu e WeChat. A Xiaomi também incluiu o seu assistente de voz Xiao AI, assim é possível fazer buscas de livros por voz.

Visão frontal e traseira do novo Mi Reader Pro

Boa compatibilidade com arquivos de texto

O Mi Reader Pro possui suporte à maioria dos formatos de arquivo conhecidos (.txt, .epub, .pdf, .xlsx, .docx, entre outros). Se os dois aparelhos estiverem conectados à mesma rede sem fio, o usuário pode transferir livros diretamente de um smartphone. A bateria interna é de 3200 mAh. Segundo a empresa, a autonomia é de até 70 dias em standby.

O novo leitor da Xiaomi custa oficialmente 1.299 yuans (o equivalente a R$ 1.010) e, por enquanto, está à venda apenas na Youpin, a plataforma de crowdfunding da Xiaomi – e na cor preta. Ainda não há previsão de lançamento fora da China.

publicidade

Via GSMArena.