Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Charme que equipou tanto o Redmi K20 quanto o Redmi K20 Pro na China, a câmera frontal com sistema pop-up não deve chegar com a linha Pro do Redmi K40. Pelo menos foi isso o que informou em sua conta no Twitter o vazador Sudhanshu Ambhore (@Sudhanshu1414) nesta quinta-feira, dia 10/12.

O mecanismo que fazia a câmera frontal saltar para fora do smartphone foi substituído pela câmera alocada no esquema punch-hole (um buraco direto na tela, a versão minimalista para a câmera frontal). Ficará localizado na parte superior esquerda do display do Redmi K40 Pro. O sistema pop-up, de acordo com a Xiaomi, ficará restrita somente ao Redmi K30 Pro, cancelado no mercado chinês, mas que globalmente é conhecido como Poco F2 Pro.

publicidade
Mudança na câmera frontal deve dividir opinião de fãs do Redmi K40
Redmi K30

Sistema com câmera frontal do Redmi K30 (Poco F2 Pro) não estará no K40 Pro (Divulgação)

A alteração no sistema de câmera frontal do Redmi K40 Pro será boa para o smartphone ou prejudicará o modelo da Xiaomi? De acordo sites e vazadores de informação lá fora, a opinião dos consumidores poderá ficar dividida entre os que aprovam a ausência do mecanismo pop-up e os que lamentarão a falta da “câmera que salta”.

Se por um lado a câmera frontal pop-up daria à linha do Redmi K40 Pro um visual diferente e, praticamente, exclusivo, por outro há o argumento de que o mecanismo tende a apresentar fragilidade e a sensação de que poderá, a qualquer momento, quebrar ou apresentar defeitos, deixando o usuário na mão (algo que não foi comprovado e nem gerou reclamações em modelos anteriores, até agora).

O fato de o mecanismo ocupar um espaço razoável e, com isso, sacrificar melhorias em outros componentes que poderiam estar no smartphone, também pesa contra a manutenção da câmera frontal com pop-up e a favor do tradicional punch-hole no display frontal do Redmi K30 Pro. Espera-se, no entanto, que as demais configurações especuladas, como a presença do processador Snapdragon 888 ou a bateria de 5000 mAh, com carregamento rápido de 55W, deixem todos felizes. O lançamento está previsto para janeiro ou fevereiro de 2021 e, como de costume, a versão global deve vir acompanhada do nome “Poco”.

Via: Notebook Check