AndroidAplicativosAppleNotíciasSlack pode estar prestes a ser vendido

Zirlene Lemos3 meses atrás5 min

A Salesforce, empresa de software em nuvem – que faturou nada menos que US$ 5,15 bilhões só no segundo semestre deste ano – quer comprar o Slack. Trata-se de uma aquisição de grande porte, conforme revelado pelo Dow Jones do Wall Street Journal nesta quarta-feira (25).  A suposta venda do Slack pode ser anunciada ainda na semana que vem.

Whatsapp corporativo

Numa ironia intencional para uma ferramenta de produção, a palavra “slack” quer dizer algo como “vagabundear” em inglês. O Slack é uma plataforma de comunicação corporativa que integra serviços e aplicativos em um único ambiente. Inicialmente, viralizou entre as startups. Mas aos poucos foi ganhando espaço no setor corporativo. E isso só aumentou devido à pandemia de Covid. Embalado pela necessidade de trabalho remoto, o Slack cresceu 50% só no primeiro trimestre de 2020 em comparação com o mesmo período do ano passado.

Em fevereiro deste ano, a IBM fechou um contrato para usar o Slack com 350 mil funcionários, se tornando a maior usuária corporativa da plataforma. O Slack também possui outras funcionalidades, como por exemplo a integração com outras plataformas, como a ferramenta de organização Trello e os softwares de vendas Salesforce e Zendesk.

Ainda não se sabe, se o Slack for mesmo vendido, quanto vai custar, mas o que é possível comprovar até agora é que logo após a publicação da matéria do WSJ, as ações da Slack Technologies subiram 39,36%, colocando o valor de mercado da empresa acima de US$ 17 bilhões (R$ 90 bilhões). Em contrapartida as ações da Salesforce cairam 3,5%.

Guerra com a Microsoft

Do ponto de vista de potência tecnológica, a compra do Slack agora tem sido avaliada por especialistas o equivalente a aquisição da Red Hat pela IBM, no ano passado por US$ 34 bilhões, ou a compra do Linkedin pela Microsoft em 2016, cerca de US$ 27 bilhões. Se a Salesforce realmente fechar negócio, será a maior compra feita até hoje pela empresa.

Se a Salesforce realmente comprar o Slack vai acelerar na competição contra a Microsoft, principal concorrente do Slack com o seu produto Microsoft Teams e em CRM com a Salesforce.

A venda vai permitir ao Slack a acesso para a base da Salesforce, que é a maior empresa de CRM do mundo. Já para a Salesforce, o Slack oferece uma possibilidade de ferramenta que possa substituir  o bom e velho email que ainda figura como o “queridinho” de comunicação nos corações corporativos. Neste ano, a Slack Technologies registrou uma denúncia contra a Microsoft por práticas anticompetitivas acusando o aplicativo Microsoft Teams de ser muito similiar ao Slack. Nesse duelo de Titãs quem viver, verá.

Via Apple Insider