AplicativosX-Ray (do Prime Video) chega ao Amazon Music

Nick Ellis2 semanas atrás5 min

Sabe o X-Ray, o recurso do Prime Video que mostra detalhes sobre quais atores estão em uma cena de uma série ou filme? O X-Ray na verdade surgiu no Kindle, mostrando nomes, personagens e figuras históricas de livros, e segue mostrando a sua versatilidade. Dessa vez, o raio-X da Amazon vai chegar ao Amazon Music. Assim, agora esse mesmo recurso está sendo adicionado ao Amazon Music, que vai exibir informações sobre as músicas que você estiver ouvindo.

No Prime Video, o X-Ray é feito em parceria com o IMDb, que também é outra empresa do grupo Amazon, assim, ao clicar no nome de um ator, você abre uma pequena ficha dele. Além disso, o serviço pode mostrar curiosidades da cena ou a música que está tocando nela, dependendo do ponto do filme ou série que esteja sendo exibido. O X-Ray no Prime Video mostra até mesmo conteúdos extra sobre algumas produções.

Como o X-Ray funciona no Amazon Music?

A ideia é ser mais ou menos como uma capa de um disco, que vai ter as informações sobre as músicas, os artistas e o próprio álbum em si. Segundo a Amazon, “é uma olhada de bastidores nas informações sobre músicas, artistas e álbuns com tudo desde curiosidades divertidas a créditos de músicas, conteúdo relacionado e mais”. Além disso, o recurso também tem outra aba de músicos ou playlists relacionados, assim você pode descobrir outras coisas que são parecidas com o que você gosta.

X-Ray já disponível no Brasil

X-Ray já disponível no Amazon Music do Brasil

A empresa conta que dezenas de milhões de músicas que já contam com a nova funcionalidade X-Ray nos Estados Unidos e no Reino Unido. Testamos aqui no iPhone e no Android, além da web, e só não está disponível na última opção. Além disso, o X-Ray também está funcionando no Brasil, inclusive com artistas brasileiros e seus discos.

Parece muito legal e é mesmo. Eu, fanático por entretenimento e tecnologia, adoro e uso o recurso no Prime Video, e fico feliz de também poder usar no Amazon Music. Se dependesse de mim, ele estaria presente em todos os serviços de streaming, de áudio ou vídeo. Em defesa do Spotify, ele tem um recurso similar em algumas músicas.

Segundo a empresa, a profundidade das informações do X-Ray no Amazon Music será aumentada com o tempo, assim como a sua disponibilidade. De qualquer forma, mandou bem, Amazon!

Via Engadget.