AcessóriosAppleApple está projetando tecnologia de realidade mista

Felipe Marsola Monteiro1 semana atrás6 min

O próximo dispositivo com alto potencial de mercado da Apple pode ser um óculos de realidade mista, capaz de integrar o mundo real e o virtual. Ao menos, é o que podem indicar as novas patentes registradas no nome da empresa que estão circulando na internet.

Dois novos registros de patente foram creditados a Apple na última terça-feira (17/11). Eles abordam diferentes aspectos de um protótipo de viseira ou headset capaz de promover uma experiência imersiva de realidade mista ao usuário.

Headset do futuro
Headset de realidade mista da Apple
(Pedido de patente da Apple)

O primeiro deles relata uma série de sensores acoplados ao dispositivo. Os itens são descritos com a função de captar a posição corporal do usuário e mapear o ambiente ao redor. Junto desses sensores, a patente também lista outros elementos que irão atuar de forma conjunta. Dentre eles, destacam-se um par de câmeras RGB com filtro infravermelho, um par de câmeras com filtro próximo ao infravermelho, um sensor de tempo de voo, uma unidade de medida de inércia.

Esse conjunto de equipamentos são essenciais para a experiência de realidade mista que a Apple quer propor. Isso porque combinam ferramentas de captação do mundo externo de forma precisa e de mapeamento da posição do corpo de do ambiente. Assim, os óculos poderiam oferecer experiências mais completas e mais precisas.

Um novo mundo smart
Usabilidade do dispositivo de realidade mista da Apple
(Pedido de patente da Apple)

Já a segunda patente mostra uma possível usabilidade para o headset. Com ajuda de câmeras e sensores, o dispositivo será capaz de interagir com objetos reais do ambiente. O texto da patente explica o funcionamento: os óculos de realidade mista poderiam mapear o ambiente e detectar objetos com os quais possam se conectar. Assim, ao fazer um gesto, o usuário poderia ligar ou ativar funções do objeto.

Esse recurso deve usar os sensores para captar as informações necessárias e, ao codificar que a ação do usuário significa um comando, emitirá comandos sem fio ao objeto para se conectar a ele e realizar a tarefa. 

Quando esse dispositivo de realidade mista da Apple vai chegar ao mercado? Ainda não sabemos, mas tomara que chegue mesmo. Por enquanto, nada indica que ele será um produto real, e as patentes não contam nem se a tecnologia está sendo projetada já para ser vendida aos consumidores ou se será voltado para empresas. 

Via: AppleInsider